• Facebook Page: 141150569282013
  • Twitter: ifscchapeco

Guia de Cursos

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Home
Banner
Câmpus Chapecó e São Carlos faturam os cinco troféus do Femifsc 2018 PDF Imprimir E-mail
Sex, 14 de Setembro de 2018 22:45

Pop, rock pesado, MPB, instrumental e nativista. Estes foram alguns dos gêneros escolhidos para 17 apresentações do 2º Festival de Música do IFSC, realizado no Centro de Eventos de Chapecó, na última quarta-feira (12). As apresentações dos alunos e servidores dos Câmpus Chapecó e São Carlos levaram para casa os cinco troféus, mas outros três câmpus do Instituto Federal na região Oeste também participaram do evento: São Miguel do Oeste, São Lourenço do Oeste e Xanxerê.


A diversidade não foi só no gênero musical. Os motivos que levaram os alunos, professores e técnicos-administrativos ao palco são muito variados. A aluna Janine Dalchiavon, do Ensino Médio Técnico em Informática, de Chapecó, não faturou nenhum dos prêmios, mas para ela o mais importante foi a superação. “Eu tenho muito medo de falar e cantar em público, então decidi me inscrever no festival e subir ao palco para me superar”, afirma. Incentivada pelos amigos e colegas do IFSC, Janine cantou à capela “I have nothing”, da consagrada Whitney Houstoun. Surpreendeu a ela mesma e também às cerca de 500 pessoas que a assistiam.


Gabriele Bueno veio de São Paulo para São Carlos no início do ano. O objetivo é se formar em Engenharia Civil com o auxílio do IFSC. Na bagagem, a estudante trouxe também o amor pela música. “Em São Paulo eu cantava em festas de formatura e casamento e aqui na região também já consegui cantar em barzinhos”, conta.


A experiência da estudante de 19 anos uniu-se com o conhecimento sobre música de Gilson Brites, outro aluno de Engenharia Civil. Os dois representaram o Câmpus São Carlos e a graduação, no Femifsc, e faturaram o troféu de 2º lugar. Gabriele cantou e tocou violão e Gilson tocou cajón para interpretar a música “Trevo”, de Ana Vitória. Assista às apresentações aqui.


Gilson também emprestou seu talento para um segundo grupo do câmpus São Carlos premiado: “Tchê Marruá e os Caudilhos do Quero-Mana”. Como o nome já sugere, os participantes escolheram uma música nativista para se apresentar: “Quando o verso vem pra casa”, de Luiz Marrenco. Subiram ao palco trajados de gaúchos e levaram o 4º lugar.


“Eu gosto de música, sempre tive vontade de tocar algum instrumento, e com o incentivo dos professores, tive coragem para aprender um pouco de violão e subir ao palco hoje”, conta o aluno de Engenharia Civil, Jean Triches, que nunca havia se apresentado antes.


O empurrãozinho veio dos professores Mateus Bellé, Evilásio Pires dos Santos e Geovani Santos de Souza. “Sempre gostei de música, então como eu e os colegas nos identificamos, iremos sempre representar o câmpus e incentivar os alunos a participar”, afirma Mateus.


Já os alunos do Câmpus São Miguel do Oeste querem preservar a música nativista. “Formamos o grupo este ano a partir do projeto Arte e Cultura do câmpus, para cantarmos músicas e tocarmos instrumentos principalmente voltados à nossa tradição gaúcha”, conta Iago Barreto, que aprendeu a tocar violão há poucos meses. Os amigos João Vitor Gonzatti, Jann Bianchi e Carlos Previde já são mais experientes na música. Os quatro, porém, encararam o palco pela primeira vez juntos. Vestidos a caráter, eles deram um show com a música “Cantador de campanha”, de Luiz Marrenco.


 

Premiados:

1º - Marcados por sangue/John Lennon e banda (Câmpus Chapecó)

2º - Gabriele Bueno e Gilson Brites (Câmpus São Carlos)

3º - Quarteto Suzuki (Câmpus Chapecó)

4º - Tchê Marruá e os Caudilhos do Quero-Mana (Câmpus São Carlos)

5º - Laura Schneider, Amanda Farezin, Tiago Giachini e Larissa Lima (Câmpus Chapecó)


Confira a classificação final e todas as apresentações aqui.


Assista a um trecho de cada apresentação no vídeo do Femifsc 2018.


---

Rafaela Menin | Jornalista IFSC

 

Acesso Intranet

Usuário:
Senha:
 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Para visualizar PDF você precisa do Adobe Reader: Clique aqui para baixar.